A tecnologia tem influenciado diversos setores do mundo, e a área da saúde é uma das mais beneficiadas, pois a inovação dos equipamentos proporcionam um diagnóstico mais preciso e em um tratamento mais específico e eficaz, os quais contribuem para uma ótima recuperação do paciente. Nesse momento, a telemedicina aparece como uma grande oportunidade de tornar todos os processos da sua clínica mais inovadores.

Mas você conhece o seu conceito? Saber o que isso significa é fundamental para melhorar a tomada de decisões dentro da clínica, agilizando os atendimentos e tornando-os mais precisos e humanizados.

Em uma época em que a concorrência é cada vez mais acirrada, é indispensável saber o que há de novo na tecnologia médica que pode contribuir para o seu diferencial competitivo. Sendo assim, neste artigo vamos explicar a você o que é telemedicina e quais são as suas tendências. Venha conferir!

O que é e como funciona a Telemedicina?

A telemedicina refere-se a todas as práticas médicas que são realizadas a distância, independentemente do instrumento utilizado para essa relação. Essa prática tem ganhado adeptos em todo o mundo, pois tem facilitado o atendimento médico de pacientes que vivem em lugares extremamente remotos.

Mas não é apenas para isso que ela serve. A telemedicina ajuda a fortalecer e estreitar o relacionamento entre médico e paciente e, até mesmo, entre os profissionais da área da saúde, pois possibilita a troca de informações de maneira rápida.

Tudo isso acontece via internet, por meio de plataformas online, possibilitando ao profissional da saúde o monitoramento remoto de seus pacientes e a intervenção quando algo errado for detectado.

Qual é o impacto da inovação na telemedicina?

A inovação na telemedicina proporciona impactos bastante positivos e que podem fazer toda a diferença no relacionamento com o paciente. Entre os principais, podemos destacar:

  • maior agilidade nos atendimentos;
  • redução de espera no atendimento e custos operacionais;
  • possibilita levar o atendimento para pessoas que vivem em comunidades distantes e que não têm acesso ao médico;
  • envio de exames para laudos 24 horas, com atendimento nacional e resposta rápida.

Quais as principais tendências da telemedicina?

Além de conhecer o seu conceito, também é importante saber quais são as principais tendências da telemedicina para você, como profissional, entender a realidade do novo perfil do mercado e, assim, ter mais oportunidades de ajudar outras pessoas. Entre as principais podemos citar:

  • emissão de laudos a distância: por meio de softwares específicos é possível receber laudos de maneira segura, com imagens nítidas e sem diferenças do modelo tradicional;
  • facilidade na comunicação entre médico e paciente: a telemedicina possibilita a troca de informações via mensagens, ter acesso à recomendação médica e enviar resultados de exames laboratoriais;
  • teleconsulta: para que essa ferramenta funcione, é preciso ter acesso a sistemas que transmitem em tempo real os sintomas do paciente. Além disso, os dados clínicos também precisam estar completos.

Quais os desafios da telemedicina no Brasil?

O grande desafio da telemedicina no Brasil é que o nosso país passa por uma intensa crise na área da saúde. Por outro lado, também há a dificuldade, por parte dos pacientes, em aceitar e entender essa nova proposta de atendimento.

Os profissionais também precisam se preocupar em contratar empresas de telemedicina registradas para implementar esse recurso à sua realidade profissional, as quais precisam ser fiscalizadas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e, também, CFM (Conselho Federal de Medicina).

Quais as perspectivas da utilização da telemedicina no Brasil e como ela já vem sendo utilizada?

A telemedicina já utilizada no Brasil e é uma atividade exclusiva dos médicos para possibilitar a interpretação de exames a distância. Sendo assim, os demais profissionais da área da saúde podem até auxiliar na realização do exame, mão não estão habilitados a assinar o laudo em relação à interpretação do exame.

Como é possível observar, a telemedicina é uma verdadeira aliada quando o assunto é prestar um bom atendimento e melhorar o relacionamento com o paciente. Sendo assim, não deixe de realizar esse investimento para poder ajudar outras pessoas que têm dificuldades no acesso à saúde de qualidade.